Pessoas com nome sujo podem fazer financiamento imobiliário?

By On
Pessoas com nome sujo podem fazer financiamento imobiliário?

Atualmente, as dívidas são a realidade de vários consumidores, que acabam tendo o nome cadastrado em serviços de proteção ao crédito — SPC e Serasa, por exemplo. No entanto, mesmo assim, muitos deles sonham em adquirir uma casa própria, fazendo-os se perguntar se é possível conseguir um financiamento imobiliário.

Por mais que haja desejo e até mesmo empenho e dedicação para conseguir, de qualquer maneira, quitar o financiamento no prazo certo e sem atrasos, dificilmente alguma instituição financeira cederá tamanho montante. Ainda assim, é possível conseguir um empréstimo com nome sujo. Confira o post abaixo e saiba como!

Pessoas com nome sujo podem fazer financiamento imobiliário?

Confira três possibilidades de se conseguir um empréstimo com nome sujo

Ter o nome sujo é, de fato, um grande empecilho para conseguir qualquer linha de crédito disponível por aí no mercado financeiro. No entanto, há alguns serviços e empresas que atendem essa categoria de consumidor. Veja abaixo três formas de conseguir um empréstimo mesmo possuindo o nome sujo:

1- Empréstimo on-line

Devido a sua facilidade de se adquirir crédito, uma modalidade que tem crescido no mercado financeiro é o empréstimo on-line. Sem ter de sair de casa, o consumidor consegue adquirir um certo montante de dinheiro após passar por uma análise de crédito considerada “branda” para os padrões do ramo em questão.

A facilidade do acesso ao dinheiro por parte do consumidor, no entanto, é compensada nas taxas de juros e no valores concedidos — algo que deve receber atenção de quem estiver interessado nessa linha de crédito. Com tarifas que costumam ser mais altas do que o empréstimo comum de bancos, os valores máximo em torno de R$ 30 mil — nada próximo ao crédito de um financiamento imobiliário.

2- Penhora dos bens

Garantias são sempre bem vindas em instituições financeiras. Na maioria dos credores, mesmo havendo o interesse em conceder um empréstimo para lucrar com os juros, preza-se que o risco de inadimplência do cliente seja o menor possível. No entanto, ao dar algum bem de valor como garantia, fica muito mais fácil do credor liberar o crédito.

A penhora possui, ainda, taxas de juros bem mais baixas do que o empréstimo on-line, por exemplo. Até mesmo as outras modalidade de crédito comum dos bancos acabam sendo tarifadas com valores maiores. Dando um bem de valor, os bancos concedem, como empréstimo, até 85% do valor avaliado do mesmo.

No entanto, há de se ressaltar que, nesse caso, o mutuário deve se comprometer muito com a dívida, a fim de não cair na inadimplência. Se isso acontecer, é bem provável que ele perca o seu bem de valor para que os débitos restantes sejam quitados.

3- Crédito consignado

Outra modalidade de empréstimo praticada pelos bancos que pode ser interessante para quem está com o nome sujo é o crédito consignado, em que o credor desconta do próprio salário do mutuário o valor referente a parcela do mês em questão. Devido a essa segurança em relação ao pagamento da dívida, as taxas costumam ser baixas.

No entanto, é preciso ressaltar que, nesse caso, o dia da pagamento do empréstimo não pode ser adiado, visto que, automaticamente, o dinheiro é retirado da conta do mutuário no dia do mês que consta no contrato. Além dos ganhos mensais e do contracheque, a pessoa pode consignar o crédito com o fundo do INSS, caso seja pensionista ou aposentado.

Vale a pena pegar um empréstimo com nome sujo?

Há determinadas ocasiões em que a aquisição de um certo montante de crédito pode ajudar a resolver a situação. Trocar as dívidas por um empréstimo consignado, por exemplo, pode ser uma boa situação — dependendo claro, da situação financeira do mutuário. No entanto, mesmo apresentando algumas vantagens palpáveis, é necessário ficar atento a algumas questões.

As taxas do empréstimo on-line, por exemplo, podem não valer a pena para alguém que já está endividado — são bem maiores do que as de um financiamento imobiliário. Inclusive, qualquer obtenção de crédito com fins que não sejam a quitação de dívidas pode ser válido para algumas situações, mas devem ser muito bem ponderados antes de concretizados.

Agora que você já sabe como fazer um financiamento imobiliário, o que acha de encontrar o imóvel dos seus sonhos?

Pessoas com nome sujo podem fazer financiamento imobiliário?

Deixe uma resposta