Descobrindo o bairro Santo Antônio

By On
Descobrindo o bairro Santo Antônio

Localizado na região Centro-Sul de Belo Horizonte, o bairro Santo Antônio é considerado um bairro nobre, predominantemente de classe média alta.

Todavia, a origem desse ponto, hoje tradicional, conta uma história diferente, uma história que remonta à formação de BH.

A história do Santo Antônio diz respeito ao acolhimento de todas as classes, classes que depois se agruparam em outros bairros como o Coração de Jesus e o Santa Lúcia.

Descobrindo o bairro Santo Antônio

Origem de seu nome

O nome do bairro é em homenagem à Paróquia de Santo Antônio, fundada em 1936.

Curioso é o fato de que, a Paróquia, não se encontra no bairro Santo Antônio. Todavia, a fé é bem representada em sua vizinhança.

Descobrindo o bairro Santo Antônio

Destacam-se as Paróquias Menino Jesus, na Rua Paulo Afonso, a Nossa Senhora de Nazaré, na praça Cairo, um ponto de referência importante dentro do Santo Antônio, a Igreja Batista Central e o Centro Espírita Manoel Felipe Santiago.

História

O bairro Santo Antônio, atualmente, é conhecido como bairro sede da Copasa, a Companhia de Saneamento de Minas Gerais. Todavia, em sua história, já foi referenciado por outras particularidades.

E 1910, o bairro era povoado por sítios e chácaras e recebeu o primeiro reservatório da capital mineira. Desse modo, diversas pessoas se deslocaram para a região para ficarem próximas do reservatório.

Descobrindo o bairro Santo Antônio

Já em 1930, um intenso movimento de povoamento fez com que o bairro ganhasse áreas residenciais. Mas um dos destaques vai para 1937, ano em que o bonde Santo Antônio foi instalado, consolidando o nome do bairro.

Em 1970, o bairro Santo Antônio passou por um intenso processo de verticalização. Diversas casas sumiram, cedendo espaço aos edifícios e novas construções, que marcaram o crescimento do bairro.

O bairro, que também é conhecido como sede do endereço da antiga FAFICH (Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Minas Gerais), e possui, atualmente, cerca de 23 mil habitantes.

Descobrindo o bairro Santo Antônio

Vias e bairros

As principais vias de acesso ao bairro são as avenidas do Contorno e a Prudente de Morais.

O Santo Antônio se encontra entre os bairros Savassi, São Pedro, Cidade Jardim, Luxemburgo e Lourdes.

Suas principais ruas são as ruas Cristina, Leopoldina, Paulo Afonso, Barão de Macaúbas, Carangola e Nunes Vieira.

Bares e restaurantes

Quando o assunto é gastronomia nenhum bairro de BH chega aos pés do Lourdes, mas, isso não significa que o bairro não esteja apto a proporcionar excelentes experiências gastronômicas a seus moradores.

O destaque do Santo Antônio vai para o Paradiso, restaurante de culinária francesa e italiana situado em uma das principais ruas do bairro, a Leopoldina.

Descobrindo o bairro Santo Antônio

O restaurantes Ni Hao e Eloi Bistro merecem destaque nesse artigo. O primeiro, de culinária japonesa, permanece lotado nos finais de semana, principalmente por conta de seu serviço self-service. O segundo, de gastronomia contemporânea, encanta a todos com o seu ambiente elegante e aconchegante.

Agora, se em restaurantes o Santo Antônio não se glorifica, quando o assunto é bar a coisa muda.

Com destaque para o bar Tudo Legal, frequentado por jovens e adultos dos mais variados bairros de BH, o Santo Antônio mostra o seu potencial.

A Mercearia Lili e o Beb’s Bar não ficam pra trás. O primeiro é uma verdadeira mercearia, mas, foi o sucesso de seus petiscos que a transformou em um dos mais concorridos botecos da cidade. O Beb’s então nem se fala. Começou com uma unidade e agora já está espalhado por toda a capital mineira. Criado em 2015, o ambiente promete espetinho, cerveja e muita música.

Descobrindo o bairro Santo Antônio

Destaques e lazer

Quem transita pela Rua Leopoldina pode ver a escultura independente “Vaquinha”, que “mora” na calçada da rua desde 1983. A escultura já está legalmente inserida no conjunto de elementos que faz hoje o Santo Antônio: é tombada pelo Conselho Deliberativo do Patrimônio Cultural de BH.

Descobrindo o bairro Santo Antônio

O artesão responsável pela obra afirma que a intenção com a vaquinha é quebrar a monotonia e o caos do meio urbano, e fazer com que as pessoas se lembrem do meio rural e da natureza, duas características bem arraigadas em Minas. Assim fica fácil entender porque o bairro une tanto o tradicional com o moderno, certo?

No âmbito cultural, o Santo Antônio abriga o prédio da Biblioteca Municipal, onde outrora foi a casa da Fafich, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFMG. Não muito distante podemos encontrar o Museu Abílio Barreto, que fica na Prudente, com CEP do Cidade Jardim.

Descobrindo o bairro Santo Antônio

Na década de 1990 ele ficou nacionalmente conhecido por servir de cenário para o filme brasileiro O Menino Maluquinho, uma adaptação de Helvécio Ratton para a obra em literatura do cartunista Ziraldo. As cenas do garoto descendo ladeiras com carrinho de rolimã antes da visita aos avós ficou na memória de muita gente. Grande parte dessas cenas foram feitas no Santo Antônio.

Qualidade de vida

Os moradores do Santo Antônio garantem que ele é um bairro bem gostoso de viver.  Graças às suas características que remetem ao interior no meio da selva de pedra. A vizinhança amigável e as ruas arborizadas são sempre mencionadas pelos moradores do bairro.

Quem mora no Santo Antônio tem uma extensa gama de serviços à disposição, na maioria das vezes a poucos passos de distância de casa.

A população do Santo Antônio conta com boas opções de farmácias, mercearias, lavanderias, sacolões, padarias – incluindo a tradicional Padaria Cataguases. Além de supermercados (Verdemar, Carrefour Bairro e Epa), restaurantes e demais serviços de primeira necessidade.

Gostou do nosso artigo? Acha que o Santo Antônio é o bairro ideal para você? Então acesse nosso site e encontre o imóvel dos sonhos no bairro Santo Antônio.

Descobrindo o bairro Santo Antônio

Deixe uma resposta