Conhecendo o bairro Floresta

By On

Localizado na Região Centro-Leste de Belo Horizonte, o Floresta marcou e muito a história da capital mineira. Bairro centenário que abriga casarões, praças e escolas, junte-se a Benvenuto conhecendo o bairro Floresta.

História

O Floresta foi o primeiro bairro a ter um imóvel fora da Contorno. Em uma época onde não se existiam muitas favelas e nenhum metrô, a estação de linha férrea de trens fez com que o bairro já fosse conhecido por “Alto Estação”e “Morro da Estação”.

O bairro Floresta nasceu como subúrbio. Foi um dos primeiros locais de moradia dos operários que trabalharam na construção da capital.

Considerado um bairro pioneiro, desde seu nascimento, além de ter sido o primeiro bairro fora do circuito oficial do plano piloto urbano de BH, o Floresta incentivava o empreendedorismo de seus moradores e abastecia BH com produtos hortifrutigranjeiros.

O bairro chama atenção por conservar e manter intocável diversos lugares que exalam a sua história. A Praça Comendador Negrão de Lima, por exemplo, é tombada pelo Patrimônio Cultural do Município.

Devido a sua localização central, o bairro se desenvolveu rapidamente. Em menos de 10 anos, o Floresta se tornou um ponto de encontro da juventude belo-horizontina, com praças cheias e muita paquera.

Conhecendo o bairro Floresta

Conhecendo o bairro Floresta

O CEP do Floresta sempre foi muito cobiçado. Durante a sua história, o bairro foi casa de nomes ilustres como Carlos Drummond de Andrade, Pedro Aleixo e até mesmo Noel Rosa, compositor carioca que escolheu o bairro quando veio tentar curar sua tuberculose. Rômulo Paes, responsável por eternizar em verso a frase que todos conhecem e apreciam: “Minha vida é esta: subir Bahia, descer Floresta” foi também morador do bairro.

Culturalmente, o bairro também é destaque. Abrigou o primeiro e mais importante canal de TV do estado na época, a TV Itacolomi, fundada pelo pioneiro da TV no Brasil, Assis Chateaubriand.

Nos dias de hoje, o Floresta atrai inúmeras manifestações artísticas que ganham destaque no Teatro Alterosa; na praça Comendador Negrão; no Museu dos Pracinhas, que detém um grande acervo da Segunda Guerra Mundial; além da Casa do Conde, palco de grandes shows, entre outros.

Principais Vias

As principais vias do bairro são as Avenidas do Contorno, Assis Chateaubriand, Francisco Sales e Silviano Brandão. É importante mencionar também as ruas Jacuí, Itajubá e Conselheiro Rocha, as únicas da cidade que não mudam de nome depois de cortar a Contorno. Outra importante via no bairro é a rua Sapucaí, responsável por agitar as noites do Floresta. O principal acesso ao bairro se dá através do Viaduto Santa Tereza, importante marco histórico e cultural da cidade.

A excelente localização do bairro faz com que ele seja tão cobiçado pelos seus vizinhos quanto o próprio Centro. Por ele passa grande parte das pessoas que buscam uma saída para a Avenida Cristiano Machado.

Conhecendo o bairro Floresta

Bares e restaurantes

Quando o assunto é comes e bebes, o Floresta tem seus espaços de destaque. É no bairro que encontramos o Pecatore e a Samuleria Central, dois restaurantes, do mesmo dono, com propostas completamente diferentes. O primeiro, é conhecido pela sua bancada de frutos do mar. O segundo, pelos seus embutidos.

Conhecendo o bairro Floresta

É no bairro Floresta que encontramos também um curioso galpão chamado de Benfeitoria. O espaço, que tem conquistado cada vez mais os jovens da capital mineira, funciona durante o dia como um café vegano e de noite como um bar. Repleto de eventos que variam de filmes a festas animadas, o espaço é responsável por manter a Rua Sapucaí sempre cheia.

Conhecendo o bairro Floresta

Ainda na mesma rua podemos encontrar o Mi Corazón, novo em BH, o espaço é focado em entretenimento e lazer. O Mí Corazón é um pub com sotaque e ginga de botecagem.

E se você achou que as variedades da Sapucaí acabaram, você se enganou. Ainda nela, a principal rua do bairro, nós encontramos o Dorsé, um misto de bar e restaurante informal, inspirado na Mercearia 130.

Qualidade de vida

O Floresta sempre é um bairro muito tradicional e residencial, e fornece  a seus moradores toda a infraestrutura de serviços necessária a uma moradia plena.

Com esse nome, é impossível não preservar um pouco do verde que existia em seu início. Há quem diga, inclusive, que a origem do nome do bairro deve-se ao fato de que o lugar era uma grande mata em seus primórdios. Inclusive, quem ia para lá, dizia estar indo “para os lados da floresta”. O resquício do verde, que se esvaiu com o crescimento de residências no local é perceptível nas ruas largas que mantém, até hoje, as árvores de ipê.

O bairro se assemelha a cidades do interior, com vizinhos que se conhecem e se falam, mesmo estando no hipercentro de um dos maiores centros urbanos do país.

Serviços

O Floresta é daqueles bairros em que o morador só precisa sair se trabalhar em outro lugar, ou por pura escolha mesmo. O bairro tem tudo e, se não tiver, oferece uma via direta para onde tenha.

O comércio no Floresta é excelente, repleto de possibilidades de consumo de produtos e serviços, alguns tão culturais quanto o resto do bairro. Podemos ressaltar o caso da Casa Pérola, que vende enxovais, e a Lalka, que já virou patrimônio local. Para os fins de semana contamos ainda com a Sorveteria Universal, uma das mais antigas da cidade.

A história do bairro Floresta se confunde com a própria história de Belo Horizonte pelo fato de ter sido um dos primeiros bairros a surgir na capital.

Gostou do Floresta? Deseja morar na capital e sentir o gostinho do interior? Então acesse o nosso site e encontre o imóvel ideal para você e sua família.

Conhecendo o bairro Floresta

Deixe uma resposta