Conheça a história do bairro Cruzeiro

By On
Conheça a história do bairro Cruzeiro

Localizado na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, o Cruzeiro é um dos bairros mais tradicionais da cidade. Atrai muita gente pela excelente localização, fácil acesso a avenidas importantes e boa infraestrutura de comércio e serviços. Conheça a história do bairro Cruzeiro e se encante por um dos bairros mais disputados para morar em BH.

História

O bairro, que se encontra fora da Avenida do Contorno, já foi um dos limites da capital mineira. Naquela região, não se encontrava muita coisa. A cara da vizinhança só começou mudar a partir da década de 1960.

Todos os bairros situados no Vale do Córrego do Gentio, principal afluente do Córrego Acaba Mundo, se desenvolveram na mesma época. Os mais próximos da Avenida do Contorno se desenvolveram um pouco antes, os mais distantes, acabaram por acompanhar o fluxo.

A área fazia parte da antiga colônia agrícola Adalberto Ferraz, uma das propriedade criadas com intuito de abastecer BH pouco tempo após a sua inauguração. Essa área abriga hoje, além do Cruzeiro,  os bairros Anchieta, Carmo, São Pedro e Sion. Em um período de aproximadamente 20 anos, entre 1940 e 1960, a região se transformou.

Atualmente, o bairro possui uma área equivalente a 52,4 hectares e uma população estimada em 4.605 habitantes.

Principais vias

O bairro possui, como principais vias, as Avenidas Afonso Pena, do Contorno e Bandeirantes. Além dessas Avenidas, são consideradas vias importantes as ruas Vitório Marçola, Pium-í, Alfenas e Cabo Verde.

Pium-í

Considerada umas das principais vias, a Pium-í merece parágrafo próprio.

Um dos pontos mais badalados de BH, a rua oferece bares movimentados e restaurantes que são referência quando o assunto é gastronomia.

Na Pium-í encontramos bares com as mais diferentes propostas: o Almanaque com sua carta extensa de cervejas e drinks; o Muu, que se tornou um dos espetinhos mais frequentados da cidade; o Corneta com seus drinks de 2 litros; o Itatiaia, que apresenta qualidade nos comes e bebes. São inúmeras as opções.

Conheça a história do bairro Cruzeiro

Ainda na Pium-í, mais pra cima, antes da região de bares, é possível encontrar o Au Bon Vivant, um restaurante francês capaz de encantar a qualquer um. Com pratos tradicionais e um cardápio extremamente bem feito, com opções de harmonização de vinhos para cada prato, o Au Bon Vivant oferece o melhor da gastronomia francesa.

Conheça a história do bairro Cruzeiro

Nem só de culinária francesa vive a Pium-í. Ainda na rua, podemos encontrar o Kanpai, restaurante de culinária oriental que alega oferecer o de há de melhor e mais contemporâneo na culinária japonesa.

Conheça a história do bairro Cruzeiro

Bares e restaurantes

Como já mencionado no parágrafo anterior, a rua Pium-í, uma das principais vias do bairro, é referência quando o assunto é bar e não fica pra trás quando o assunto é gastronomia. Entretanto, não é só na Pium-í que encontramos boas opções de espaços para comer e beber.

Quando o assunto é bar, o Jângal merece destaque. Localizado na rua Outono, a proposta do bar é criar um ambiente que dê a sensação nas pessoas de estarem no seu jardim, juntando um espaço legal com toques de arte e cultura. Com uma programação extremamente diversificada, o destaque vai para o Jângoke, noites de karaokê, com entrada gratuita, que agitam as terças do bar.

Conheça a história do bairro Cruzeiro

Serviços

O Mercado Distrital do Cruzeiro é um dos grandes marcos do crescimento do bairro. Peixarias, sacolões, o Mercado tem muito a oferecer e não para por ai. A Parrilla del Mercado é um espaço com churrasco uruguaio e chopp de qualidade, para conseguir almoçar lá nos finais de semana é preciso chegar cedo ou até fazer reserva.

Conheça a história do bairro Cruzeiro

E se vocês achavam que a variedade do Distrital acabaria ai, vocês estão enganados. O espaço vira constantemente espaço de eventos. Diversos shows e projetos, inclusive de bandas autorais, agitam o Mercado Distrital do Cruzeiro durante a noite.

A Universidade FUMEC, segunda melhor universidade do estado, encontra-se no bairro Cruzeiro. O Mirante FUMEC, nome dado ao Parque Professor Amílcar Vianna Martins não é tão famoso assim. Entretanto, é lá onde encontra-se o primeiro reservatório da cidade.

Ativo desde 1897, o Reservatório abastece os bairros Serra, Anchieta e parte do Cruzeiro, São Lucas e Funcionários. Além do mirante, podemos encontrar no parque um parquinho, áreas de convivência e academia a céu aberto.

Conheça a história do bairro Cruzeiro

Gostou do nosso artigo? Acha que o Cruzeiro é o bairro certo para você? Então acesse o nosso site e encontre o imóvel dos seus sonhos.

Conheça a história do bairro Cruzeiro

Deixe uma resposta