O bairro é uma construção social na qual impera o senso de comunidade dentro de uma cidade. É onde nossas vidas se desenrolam dia após dia – encontrando com amigos e conhecidos, conversando com vizinhos, indo nas lojas, parques e praças.

Um dos bairros mais tradicionais, o Funcionários é referência histórica e cultural para a cidade. Sua localização privilegiada te permite fácil acesso as principais vias da cidade, além de pontos turísticos como o complexo arquitetônico da Praça da Liberdade. Suas ruas arborizadas e a mescla de construções antigas e modernas dão charme para o bairro, fazendo dele um ótimo lugar para se viver.

Através da história

panoramica-palacio-da-liberdade

A história do bairro Funcionários tem início no final do século 19, com a transferência da sede do Governo Estadual da cidade colonial de Ouro Preto para a nova capital, Belo Horizonte. Em meio a várias transformações que a cidade sofria, surgiu a dúvida de onde seriam alocados os funcionários públicos que chegavam da antiga capital. A solução foi projetar uma área específica que fosse próxima ao local de trabalho, para abrigar os servidores. Surge, em 1896, o bairro Funcionários.

A cerca de 200 residências ali construídas foram distribuídas entre os servidores seguindo uma hierarquia. As casas com mais janelas na fachada correspondiam aos funcionários com altos cargos, como diretores e desembargadores. Enquanto, aos servidores com cargos inferiores, restavam as casas menores e, consequentemente, com menos janelas.

O bairro testemunhou diferentes épocas e estilos de construção. Nas décadas de 20 e 30, as construções eram feitas ao estilo Art Nouveau, com suas formas irregulares e curvilíneas, inspiradas pelas obras de Antoni Gaudí. Nos anos 40, entram em cena, as casas neocoloniais. O desenvolvimento econômico da capital provoca um aquecimento do comércio e na região – a região da Savassi, antigamente pertencia ao bairro Funcionários e somente em 2000 a área foi desmembrada e a prefeitura da Belo Horizonte criou o bairro Savassi. Na década de 80, testemunhou-se a transformação da área, os velhos casarões foram dando lugar a edifícios residenciais. Hoje, há uma mistura entre o passado e o presente. O Funcionários continua sendo sinônimo de elegância e requinte como foi no passado, misturado a isso, novas construções que dão todo charme ao bairro.

Conheça nosso imóvel: Apartamento com 4 Quartos, Funcionários.

A vizinhança

Erguido num ponto estratégico, o bairro tem acesso as principais vias da cidade. Lá, o contemporâneo se une ao retrô. Repleto de museus, boas escolas, além de vários bares e restaurantes, o Funcionários é um bairro completo.

avenida-brasil-bairro-funcionários

Rota dos museus

O Circuito Liberdade completou cinco anos em 2015 e já é reconhecido como um importante corredor de cultura do país. Abrigado em uma área histórica da capital mineira, o Circuito é composto por treze instituições, dentre museus e centros culturais, que mapeiam diferentes aspectos do universo cultural e artístico.

  • Arquivo Público Mineiro: Um espaço especializado sobre a história de Minas Gerais desde o período colonial.
  • Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa: Livre acesso aos mais de 230 mil títulos disponíveis no acervo.
  • Casa Fiat de Cultura: Considerada um dos mais importantes espaços para discussão e exposição das artes no Brasil, a Casa Fiat de Cultura destaca-se pelo alto valor histórico, artístico e educativo de sua programação.
  • Centro Cultural do Banco do Brasil: O centro foi inaugurado em 2013 e abriga a quarta unidade do CCBB no país. Conta com um grande espaço para exposições, apresentações e outras atividades.
  • Memorial Minas Gerais Vale: A identidade do povo e da cultura mineira em um espaço carregado de emoções.
  • Museu das Minas e do Metal: Abriga o acervo das principais atividades econômicas de Minas, – a mineração e metalurgia.
  • Palácio da Liberdade: O palco de grandes decisões políticas e sede historia do Governo do Estado reflete a influencia européia em nossa cultura.

Bem temperados

bem-temperado-prato
  • Cervejaria Brasil: Mais que cervejaria, o espaço é uma tradicional casa de carnes de BH.
  • Est! Est! Est!: Responsável por trazer um pouco da Itália para mais pertinho. Pratos tradicionais italianos e uma vasta carta de vinhos.
  • Maharaj: Deliciosa e tradicional culinária indiana. Conta ainda com um espaço cultural com exposições e apresentações que contam um pouco a história do país.
  • Dalva: Astral boêmio, repleto de boa música, cerveja gelada e uma variedade de petiscos.
  • Soho Pub: A casa oferece mais de 90 alternativas de jogos, tudo isso acompanhado de muita batata frita.
  • Yellow Submarine: Inspirado nos Beatles, a casa oferece cervejas, drinks e sanduíches com opções para vegetarianos, embalados por bastante rock ’n’ roll.

Coffee break

  • Academia do Café: Cafés super aromáticos, a Academia do Café atende o mercado de cafés especiais em BH. A dica é o Moka, expresso com leite vaporizado e nutella. Para acompanhar, brownie de chocolate e muffin de banana.
  • Casa Bonomi: Com inspiração francesa, a padaria é referência em qualidade. As dicas são a tradicional baguete francesa e a foccacia temperada com alecrim, azeite e sal.

 

Quer morar no funcionários?

bannerfuncionarios

Deixe uma resposta

Tags

Sobre o autor

Maria Victória Catão

Twitter Facebook Website

Atua com Inbound Marketing. Aficionada por chás, música e viajar. Você pode encontrá-la jogando squash ou lendo um bom livro.