Trabalhar de casa em seu próprio negócio é quase um sonho se tornando realidade não é mesmo? Mas a verdade é que você tem que saber se esse é o momento correto para ficar em casa ou fazer a mudança para um escritório.

Trabalhar com um deslocamento da cama para o quarto de hóspedes é uma grande vantagem, mas você precisa estar preparado para fazer o que é melhor para o seu negócio alcançar vôos maiores.

Então, como você sabe quando é hora de sair do escritório de casa para tentar um espaço de coworking ou partir para um aluguel de um imóvel? As principais razões para a sua decisão se resumem ao crescimento da sua necessidade de um espaço de trabalho mais profissional.

1. Seu escritório está tomando conta da sua casa

Você pode ter iniciado o seu negócio na garagem, ou no quarto de hóspedes, mas se o seu escritório está gerando uma desordem na casa e atrapalhando as outras atividades talvez seja a hora de pensar em sair.
Porém talvez a sua desordem seja um sinal de crescimento, e isso mostra que você precisa sair completamente em busca de mais espaço.

2. Aprenda a planejar os seus horários

Uma dificuldade de quem trabalha em casa é saber dividir o tempo entre trabalho e todas as outras tarefas do dia-a-dia. Trabalhar em casa pode se tornar uma verdadeira armadilha mental, é difícil se desligar do seu trabalho o que pode se tornar um verdadeiro vício.

O contrário também pode acontecer, muitas pessoas se motivam pelo simples motivo de sair de casa. Afinal, tem dia que dá aquela preguiça não é mesmo? E estar em casa pode ser o empurrãozinho que você precisava para o seu dia não ser nada produtivo.

Então é necessário definir prazos, e horários de trabalho e lazer para que você viva bem com você e sua família.

3. Seus clientes querem, ou precisam para visitar

Algumas empresas conseguem se adaptar bem em um ambiente doméstico, com assistência familiar ou até mesmo em um backoffice. Porém é importante analisar a necessidade de receber visitas ou clientes. Um ambiente doméstico pode gerar a impressão de falta de profissionalismo dependendo do seu tipo de negócio.

Outro ponto importante para se preocupar é sobre a localização em que você está e o perfil de cliente que você recebe, ou poderá algum dia receber.

Se você já está precisando se reunir com potenciais clientes com uma maior frequência, então já está na hora de pensar em escritórios, espaços de coworking, salas de reuniões, centro de negócios ou até mesmo o seu próprio espaço.

4. Hora de aumentar a equipe

Trabalhar em casa poderá te impedir de contratar membros para sua equipe, a maioria das famílias não está de acordo com a ideia de ter pessoas trabalhando em sua casa, além de ser um pouco apertado pode se tornar estranho, afinal a relação profissional pode se misturar com o ambiente domésticos em alguns instantes.

Já imaginou ter de trabalhar com sua equipe e lidar ao mesmo tempo com crianças de férias escolares? Gerenciar o uso do banheiro e da cozinha? Podem parecer coisas simples a princípio mas que podem gerar bastante transtornos com o passar do tempo.

Agregar membros à sua equipe é geralmente um sinal que você está crescendo, por isso, esse pode ser um bom momento para analisar opções e partir para um novo local.

5. Distrações domésticas

Você está gastando muito tempo no banho, conversando com sua família, fazendo café, jogando vídeo-game, vendo a sessão da tarde, brincando com seu cachorro ou tirando uma soneca de algumas boas horas?

Trabalhar em casa realmente não é uma tarefa para todos, exige muita disciplina e uma ótima administração de tarefas. Interrupções e desvios de atenção podem acontecer a todo tempo e para isso você precisará ter foco!

Se você não é uma dessas pessoas, é provável que você já tenha que sair de casa, e você mesmo já percebeu isso. Mesmo que isso lhe custe mais dinheiro agora, alugar um espaço pequeno poderá fazer com que você passe a ter o retorno sobre o seu investimento e principalmente um aumento de imediato de produtividade.

home-office

E agora? O que fazer?

Há vários tipos de escritórios disponíveis, você poderá fazer um contrato de aluguel em um escritório ou sala, utilizar de um escritório compartilhado, optar pela locação de curto prazo ou utilizar um espaço de coworking. Não importa muito qual será a sua decisão, o fundamental é que você tenha feito as contas antes para tomar a melhor decisão.

Lembre-se, quando você decide fazer uma mudança da sua casa para um escritório, ela precisa ser viável financeiramente para que acompanhe o crescimento da sua empresa.

Gostou? Deixe registrado o seu atual momento nos comentários e siga a página da Benvenuto no Facebook.

Você também pode baixar o nosso ebook: Manual tático de uma boa negociação

http://www.benvenuto.com.br/material/manual-tatico-de-uma-boa-negociacao

 

Uma Resposta

Deixe uma resposta

Tags

Sobre o autor

Rafael Milagre

Twitter Facebook Email Website

CEO & Founder da Benvenuto, acumula experiência no mercado imobiliário a mais de 4 anos. Adora futebol, tecnologia e startups :) Anuncie seu imóvel grátis na Benvenuto: http://www.benvenuto.com.br