Você ainda não acredita que negociar diretamente com o proprietário é mais vantajoso? Tenho certeza que após ler esse post você terá mudado de opinião ou estará querendo saber mais sobre o assunto.

Uma negociação de imóveis bem sucedida só acontece quando temos duas partes interessadas em realizar um negócio bem sucedido, é preciso que tenha uma parte interessada em comprar e a outra em vender. Parece simples não é mesmo? Mas muitas vezes especuladores e pessoas de má fé acabam tornando isso em um verdadeiro pesadelo que você com certeza  não vai querer viver.

A Benvenuto não quer deixar você na mão de intermediadores e quer dar poder para você negociar o próprio imóvel e, além de gerar benefícios financeiros, evitar que intermediários coloquem o próprio interesse no meio da negociação. Não precisa ter medo de uma negociação, se você possui medo é porquê não está preparado ou não possui o conhecimento necessário sobre o assunto. A negociação direta de imóveis envolve percepções e expectativas, razão e emoção, planejamento, organização e decisão. É preciso ter manobras e meios de persuasão.

Comece com um planejamento e defina sua estratégia

Se você está pensando em comprar ou vender seu imóvel diretamente, é preciso colocar as peças em um tabuleiro, isso mesmo, traçar estratégias e montar um planejamento é essencial para um resultado positivo. Lembrando que uma negociação nem sempre é um jogo de perde e ganha, é bem possível em uma negociação de imóveis que as duas partes saiam satisfeitas com os seus resultados e expectativas.

Defina o que você deseja, comprar, vender, o que você pretende comprar, qual será o seu poder de compra e comece a definir quais características ou itens serão essenciais.

Um grande erro de quem está comprando um imóvel é começar a colocar demasiado itens que não condizem com o seu orçamento, uma dica é pensar em quais itens são essenciais e começar a numerá-los em ordem de prioridade, assim você conseguirá definir o que é essencial na pesquisa e o que poderá se adequar ao seu poder de compra.

Estude, isso mesmo, faça o dever de casa! Estude todas as suas possibilidades e se você tiver acesso, estude quais serão as possibilidades da parte envolvida. Levante todas as hipóteses, o custo de mudança entre ativos, se for comprar para um investimento analise as taxas de retorno, o custo do capital ao longo do tempo, etc. Caso esteja comprando para habitação uma dica interessante é analisar quais as motivações, seja de compra ou de venda, identificar o sentimento envolvido por trás do objetivo da transação.

Os primeiros passos de uma negociação de sucesso

Como nós mostramos para vocês em nosso post 15 Pecados do negociador de imóveis brasileiro é uma dificuldade evidente a falta de conhecimento na hora de negociar. Vou apresentar pra vocês maneiras mais fáceis para você evitar esses erros e melhor ainda, se destacar em uma negociação.

Não dê muitas concessões no início, lembre-se, essa será uma frase que você não poderá esquecer nunca em qualquer negociação:

Utilize o tempo para obter informações durante a negociação e ganhe poder!

E de fato, essa é uma verdade. Afinal, tudo que é fácil perde-se o valor não é mesmo? Quando éramos novos e pedíamos algo para nossos pais e eles nos davam no mesmo momento sem nenhum esforço, aquilo não tinha o mesmo valor do que aquela viagem que você teve que ficar um mês inteiro falando na cabeça deles até que eles fizeram a concessão. Além da viagem se tornar algo mais valioso para você o sentimento de vitória foi ainda maior ao final não é mesmo? Por esse motivo guarde as principais concessões que está disposto a ceder para o final, tenha sempre essa carta na manga!

Acabamos de falar sobre planejar e definir estratégias não é mesmo? Lembre-se de avaliar alternativas, ficar na mão da outra parte é uma das piores coisas que pode acontecer em uma negociação, tenha sempre uma segunda opção, um plano B, assim você já terá um rumo caso tudo comece a dar errado. É importante também ter paciência, e aquela coisa de querer sempre tentar levar vantagem sobre a outra parte só atrapalha o andamento do negócio.

Aquela história de tentar barganhar em um valor que fica bom pra todo mundo não cola mais não é mesmo? Justificar os valores, ter argumentação, fazer uma análise de mercado, isso sim vai garantir poder em sua negociação. Justifique com dados, números e até mesmo com sua capacidade persuasiva em todos os seus argumentos.

Negociando um imóvel diretamente de maneira segura

Você já conhece a outra parte? Ainda não?! Bom, o primeiro passo é a busca de referências. Busque por pontos comuns, mídias sociais, amigos em comum, gostos em comum, futebol, filme… Você não precisa conhecer a outra parte e ir direto ao ponto, conhecer a pessoa com quem vai negociar é muito importante. Se mesmo assim ainda não tiver plena confiança para iniciar uma conversa marque em um local público como um shopping ou algum café em uma rua movimentada para uma primeiro contato com a outra parte e aproveite para buscar informações que vão te ajudar durante o processo.

Depois que você negociar todas as condições e termos, e tiverem chegado a um acordo, a parte jurídica é muito importante em uma negociação imobiliária, e ao contrário do que muitos pensam ela não precisa ser feita necessariamente com um intermediador, seja corretor ou imobiliária. Você poderá contratar um advogado ou uma empresa especializada em direito imobiliário que eles irão te auxiliar e dar total assistência durante todo o processo, com a total segurança e preços menores ao valor da comissão.

Você vai vender o seu imóvel e quer conhecer a documentação necessária para não correr riscos? Clique aqui e acesse o nosso post.

duediligence

Economize dinheiro comprando ou vendendo diretamente

A principal vantagem de se eliminar o agente imobiliário está relacionada ao preço: o agente imobiliário, como remuneração pelos seus serviços, cobra do vendedor uma taxa entre 6% e 20% do preço do imóvel, podendo este percentual variar de região para região e até de imobiliária para imobiliária.

Economizando o valor da comissão, a margem de negociação do comprador aumenta, com isso você poderá comprar o imóvel em um valor mais barato e o vendedor ainda poderá ganhar um valor maior do que ele ganharia vendendo pela imobiliária, mesmo com um valor de venda mais baixo.

Quer saber mais sobre negociação direta? Então você não pode deixar de baixar o nosso ebook grátis:

bannermanual

5 Responses

  1. Rafael Milagre

    Olá Thais, tudo bem e com você?

    Tenho 23 anos e fui criado no ambiente imobiliário pois meu pai e outros familiares atuam a mais de 20 anos no mercado.

    Estudo o mercado imobiliário já a 4 anos e já atuei como corretor de imóveis na imobiliária do meu pai. Desde que me desliguei da imobiliária me dedico a estudar o mercado e criar uma solução diferente para o mercado.

    Grande abraço!

  2. Rafael Milagre

    Olá Thais, tudo bem e com você?

    Tenho 23 anos e fui criado no ambiente imobiliário pois meu pai e outros familiares atuam a mais de 20 anos no mercado.

    Estudo o mercado imobiliário já a 4 anos e já atuei como corretor de imóveis na imobiliária do meu pai. Desde que me desliguei da imobiliária me dedico a estudar o mercado e criar uma solução diferente para o mercado.

    Grande abraço!

  3. Rafael Milagre

    Olá Thais, tudo bem e com você?

    Tenho 23 anos e fui criado no ambiente imobiliário pois meu pai e outros familiares atuam a mais de 20 anos no mercado.

    Estudo o mercado imobiliário já a 4 anos e já atuei como corretor de imóveis na imobiliária do meu pai. Desde que me desliguei da imobiliária me dedico a estudar o mercado e criar uma solução diferente para o mercado.

    Grande abraço!

Deixe uma resposta

Tags

Sobre o autor

Rafael Milagre

Twitter Facebook Email Website

CEO da Benvenuto. Real Estate company in Brazil. Apaixonado por empreender e buscando revolucionar o mercado imobiliário www.benvenuto.com.br