Se você está pensando em vender sua casa, há uma série de questões que devem ser consideradas antes de colocar sua casa a venda. A primeira coisa que você deve fazer é ter em mente qual a principal motivação da venda. Está se separando? Está querendo mudar para um lugar maior ou menor? É por necessidade financeira? Você precisa saber o que está te motivando a vender seu imóvel.

Aqui estão quatro passos que você pode tomar para evitar problemas comuns que surgem durante o processo de venda do seu imóvel.

Resolva suas dívidas e ônus

Se o seu imóvel tem qualquer típo de dívida, ônus ou agravantes, você terá que cuidar da sua situação antes de resolver com um possível comprador. Esse obstáculo poderá surgir de inúmeras maneiras. O mais correto a se fazer é tirar todas as certidões (inclusive as negativas) do imóvel para verificar a sua atual situação e já ter em mãos para apresentar a um interessado.

Se você está enfrentando algum problema fiscal ou judicial você não vai ficar fora de problemas. Especialmente se você tentar esconder uma dívida ou fraudar um comprador.

Prepare os proprietários para a venda

Se o seu imóvel foi um imóvel herdado com vários membros da família ou com inquilinos comuns você pode precisar do consentimento deles para realizar a venda. Nessa ocasião o melhor a se fazer é marcar uma reunião e estabelecer as condições de venda e deixar tudo pré-acordado para uma venda mais tranquila.

Reunir os valores e até mesmo coletar as assinaturas dos envolvidos com uma autorização de venda poderá agilizar futuras negociações.

Prepare uma apresentação do seu imóvel

Saber o que falar na hora da visitação é muito importante, você precisa saber na ponta da língua as características mais importantes do seu imóvel. Defina o tom do seu discurso e o que falar na hora dos argumentos e perguntas mais comuns. Você deve transmitir a mensagem de forma sincera e falar com naturalidade.

Arrumar os defeitos mais visíveis como fiação solta no imóvel poderá te ajudar a ter uma apresentação mais convincente do seu imóvel.

É importante também alertar o possível comprador dos pontos negativos, a proibição de animais no prédio ou o fato de a rua alagar em dias de chuva forte.

Esteja com toda a documentação pronta

  • RG e CPF: documentos básicos de identificação.
  • Certidão de casamento ou união estável com regime de bens, se houver: ainda que o vendedor esteja vendendo um bem particular, que é só dele, o seu cônjuge ou companheiro em geral precisa manifestar que está ciente da venda.

Leia também: Vai vender seu imóvel? Conheça toda a documentação necessária

  • Certidões negativas :
  1. de protestos
  2. de ações cíveis e criminais
  3. de execuções fiscais estadual e municipal
  4. de quitação de tributos federais
  5. de ações trabalhistas
  6. de interdição, tutela e curatela
vender

Caso seja um bem comum do casal, ambos são proprietários, então é necessária a documentação dos dois.

Se você pretende vender sua casa, o melhor a se fazer é contratar uma avaliação com um especialista de mercado. Assim ele poderá te entregar um relatório e você poderá apresentá-lo para os interessados no seu imóvel e assim discutir baseando em argumentos presentes no papel.

Aproveite para curtir a página da Benvenuto no Facebook e acompanhe as nossas novidades pelo Twitter.

Como preparar o seu imóvel para a venda

Deixe uma resposta

Tags

Sobre o autor

Rafael Milagre

Twitter Facebook Email Website

CEO da Benvenuto. Real Estate company in Brazil. Apaixonado por empreender e buscando revolucionar o mercado imobiliário www.benvenuto.com.br